Conheça os benefícios dos alimentos funcionais

Adoro alimentos saudáveis e sempre fiz questão de fazer as minhas dietas usando tudo que faz bem e agora descobri os alimentos funcionais e me apaixonei tanto por esse assunto que acabei ate criando um negocio em torno deles – a beauty’in, foi exatamente pensando e acreditando que esse mercado saudável e funcional iria crescer, que investi numa nova categoria de alimentos com funcionalidade cosmética- os aliméticos.

Alguns alimentos, conhecidos como funcionais ou nutracêuticos, apresentam nutrientes benéficos à saúde e que, além de cumprirem a função de nutrir, trazem elementos que podem auxiliar na beleza da pele ,unhas e cabelos e até na prevenção de algumas doenças.

Sabe aquele velho clichê de “você é o que você come” é a mais pura verdade!

O primeiro passo é avaliar a qualidade dos alimentos e a sua procedência. O segundo passo é evitar as gorduras e pratos  muito gordurosos, eles podem ocasionar desconforto, má digestão e ainda como são sempre muito calóricos podem facilitar o sobrepeso. Terceiro passo importante  é mastigar bem , a digestão começa na mastigação, já que algumas enzimas atuam ainda enquanto se mastiga. E o quarto passo é tentar comer em um ambiente tranquilo, sem telefone e muita agitação. Sei que isso parece difícil mas se tentarmos fazer isso pelo menos alguns dias por semana já é um bom começo.

Conversei ontem com a nutrcionista da beauty’in, Fernanda Fittipaldi e selecionamos juntas algumas opções bacanas e imperdíveis de alimentos e ingredientes funcionais.

Confira …

Chá verde: oferece uma substância funcional chamada catequina, que previne diversos tipos de câncer e doenças cardiovasculares, colaborando também para retardar o envelhecimento. Além disso, o chá pode ajudar a combater a má digestão, pois ativa as enzimas digestivas se tomado 10 minutos antes da refeição. Também atua como um ótimo antiácido tomado logo após a ingestão de alimentos. 

Peixes de água fria: possuem alta quantidade de ácidos graxos ômega 3 que diminuem o risco de doenças cardiovasculares. O Ômega 3 é um tipo de gordura que não é produzida pelo nosso organismo, chamada de insaturada, muito saudável e benéfica ao coração. Ela é encontrada em peixes como salmão, sardinha, atum e truta. 

Banana: rica em oligossacarídeos que ajudam a evitar a constipação, protegem a função hepática, reduzem a pressão arterial, baixam o colesterol e também podem ter efeitos anti-cancerígenos. Além disso, a banana também ajuda na prevenção da osteoporose e apresenta substâncias que formam uma espécie de filme protetor na parede do estômago, diminuindo os ataques da acidez, reduzindo a sensação de incômodo.

Tomate: está relacionado à diminuição do risco de câncer de próstata por conter em abundância uma substância funcional chamada licopeno, que é encontrada também na melancia, no pimentão e na beterraba. Soja: contém isoflavonas, substâncias funcionais que auxiliam na redução do colesterol ruim e atenuam os sintomas da menopausa.

Nozes: a vitamina E é um dos maiores destaques. Também são ricas em zinco, magnésio, vitaminas do complexo B e potássio. Seus nutrientes previnem diversos tipos de câncer e controlam a pressão arterial.

Alho: traz benefícios extraordinários para a saúde do sistema cardiovascular. Estudos demonstram que o consumo de alho ajuda a regular a pressão arterial. O alho também inibe a formação de placas, reduz os níveis do colesterol ruim e sua fixação na parede das artérias. O ingrediente contém alicina, que parece funcionar como um relaxante das células nervosas que se contraem com a passagem do fluxo de sangue. 

Canela: curiosamente, a canela diminui o açúcar no sangue, atuando em vários níveis diferentes. Ela ajuda a retardar o esvaziamento do estômago, reduzindo o aumento acentuado de glicose no organismo após as refeições e melhora a eficácia ou a sensibilidade à insulina. A canela também aumenta as defesas antioxidantes do corpo, que agem contra os radicais livres.

Gengibre: sua raiz é cheia de propriedades que deixam o organismo longe de enjôos, gases, infecções e inflamações. Além disso, o elemento que confere o sabor picante do gengibre fortalece a circulação sanguínea.

Semana que vem trago outros com funcionalidade cosmética, ta?

Um beijo,
Cris

Anterior
De olho na saúde: pratique exercícios ao ar livre
107044-4
Próximo
Saiba como escolher a lente correta para o óculos de sol
Voltar
SHARE

Conheça os benefícios dos alimentos funcionais