Cristiana Arcangeli – empreendedorismo de sucesso

Cris Arcangeli Cuidar do corpo, da mente e do bem-estar tem se tornado cada vez mais prioridade entre as tarefas do dia a dia da população. Ao identificar essa tendência mundial, a empresária Cristiana Arcangeli iniciou, há 20 anos, um movimento que revolucionou o ramo de beleza.

Cristiana é empresária e atua no ramo de cosméticos desde 1986. Exemplo de iniciativa e sucesso, é empresária, consultora de beleza e qualidade de vida multimídia, uma das mulheres que mais influenciaram e contribuíram para o desenvolvimento do mercado de beleza e bem-estar no Brasil.

Formada em Odontologia, sempre direcionou sua carreira para o desenvolvimento de produtos naturais e, nos anos 80, praticando a especialização de endodontia, teve seu foco voltado para produtos menos agressivos e naturais para tratamento de canal. Desde a endodontia homeopática até o surgimento da sua primeira empresa de cosméticos – a Phytoervas –, foi um pulo. Criou a primeira linha de produtos sem sal para cabelos e muitas outras inovações em embalagens, nomenclaturas e ativos naturais.

Quando o assunto é inovação, Cristiana sempre foi líder nata. Criou o primeiro evento de moda do País, o Phytoervas Fashion, e o Phytoervas Fashion Awards, que lançou mais de 60 estilistas e teve um público recorde de 61 mil pessoas em oito edições. Criou a primeira loja de novos estilistas, a primeira sala de personal trainer e, em 1990, lançou a PH Arcangeli, a primeira distribuidora de marcas de cosméticos internacionais do País, com marcas como Chanel, Bulgari, Clinique e Carolina Herrera, e a primeira perfumaria nos moldes internacionais do Brasil, a Phytá.

O tempo passou, mas o DNA de seus produtos e de sua filosofia de vida sempre foi o mesmo: a constante preocupação em oferecer produtos que não agridam o organismo e que proporcionem um resultado eficaz. A empresária aborda assuntos como reciclagem e proteção do meio ambiente desde o início de sua carreira. Prova disso foi a criação da Fundação Phytoervas de proteção ao Índio Brasileiro, em 1994. Em 1998, a Phytoervas foi vendida para a multinacional farmacêutica Bristol-Myers Squibb.

Em junho de 2006, Cristiana Arcangeli lançou sua segunda empresa, a marca Éh Cosméticos, a primeira linha de cosméticos orgânicos do Brasil, uma evolução, um passo à frente no mercado, uma empresa que em 18 meses foi vendida para a Hypermarcas.

Incansável e empresária de sucesso, lançou em maio de 2010 sua terceira empresa, a beauty’in®, que mais uma vez inovou e veio para criar uma categoria inédita no Brasil, que abriu um novo segmento no mercado de saúde e beleza: os aliméticos®. Em 2012, a Brazil Pharma, do BTG Pactual adquiriu 40% da marca.

E a beauty’in® já oferece nove linhas de produtos: supernuts beautyworkout®, barra de nuts sabor pistache, com castanhas-de-caju e linhaça, adoçada com mel, sem açúcar, com colágeno e vitaminas; beautyworkout®, smoothie de whey protein, com zero de açúcar, zero carboidrato, zero aspartame, baixíssimo teor de lactose e adoçado com sucralose; nutrabeauty®, primeira linha de nutricosméticos, em quatro versões; o chocobeauty®, chocolate sem açúcar, sem glúten, rico em fibras e ainda com colágeno, beautybar®, beautycandy®, beautydrink®, beautytea® (chá de preparo instantâneo), beautybar® gourmet com chia e beautyvit® cápsulas de óleo de coco, que, além de naturais, têm 0% de conservantes, gorduras e açúcares. Combinam com exclusividade ativos de frutas orgânicas, colágeno hidrolisado e minerais. O reconhecimento do setor de alimentos chegou seis meses depois do lançamento oficial da marca, já que a beauty’in® foi premiada como o Produto Alimentício mais Inovador da América do Sul pela Food Ingredients South America (FISA), considerado o Oscar desse segmento. A marca também levou o prêmio EmbalagemMarca de 2010, pela inovação nas embalagens do beautydrink e da beautycandy, e o Atualidade Cosmética, como Melhor Produto para Tratamento Corporal.

Entre outras ações inovadoras de Cristiana, ela criou o primeiro portal de bem-estar e saúde do País, hoje hospedado no R7, www.cristianaarcangeli.com.br, que oferece novidades, dicas e informações sobre beleza e saúde, bem como o programa de televisão Manual, a primeira revista eletrônica focada nos temas de beleza, moda fitness e bem-estar. Há 15 anos apresenta dois boletins diários na Rádio Alpha FM, que podem ser ouvidos também no site. Além disso, assina colunas em varias revistas.

Tem dois livros publicados, Beleza para a Vida Inteira (2002) e Como Viver Mais e Melhor – Só Para Homens (2006), além de participação no livro Como Fazer uma Empresa Dar Certo num País Incerto, escrito com vários de seus parceiros consultores da ONG Endeavor, onde é voluntária e ajuda novos empreendedores há mais de dez anos.

Em 2008 e 2010, lançou, com incrível sucesso de vendas, em parceria com a Vivara, três linhas de joias: Reflection, Black e Mineral Prata by Cristiana Arcangeli. As peças dessas coleções traduzem um pouco da personalidade dinâmica e inovadora de Cristiana.

Ainda em 2010, assinou contrato com TV Record onde, além de participar do programa O Aprendiz, como conselheira de João Dória, foi contratada como apresentadora do Extreme Makeover Social, programa da Endemol que, pela primeira vez no mundo, é um reality show destinado ao terceiro setor, com ações beneficentes para comunidades carentes. No programa, Cristiana e uma equipe de renomados arquitetos se empenhavam para construir creches, escolas, bibliotecas públicas, casas de apoio e centros de convivência infantil.

Na nova temporada, Cristiana esteve à frente do primeiro episódio, deixando os próximos programas para Bianca Rinaldi, Luciano Szafir, entre outros.

Com todo esse trabalho, a empresária merece o reconhecimento já obtido da sociedade. São mais de 20 prêmios em diversas categorias. Em agosto de 2006, Cristiana foi empossada na Academia Brasileira de Marketing, na cadeira de número 21. Foi eleita ainda Personalidade do Ano de 2006, pelo governo do Estado de São Paulo, vencedora do prêmio Mulher Mais Influente do País, em 2004, e do prêmio Prix Veuve Clicquot de la Femme d’Affaires, em 1998.

Voltar