Geração Z

De acordo com estudo da AdReaction: música, humor e celebridades (incluindo influenciadores digitais), tornam a Geração Z mais receptiva a anúncios.
a-geracao-z-a-politica-e-o-mercado-de-trabalho.html

Você já ouviu falar das gerações X, Y e Z?

Geração X:  é uma expressão que se refere à geração nascida após o baby boom pós-Segunda Guerra Mundial.

Geração Y:  também chamada geração do milênio ou geração da internet. Nascidos de meados da década de 1970 até meados da década de 1990.

Geração Z: são os indivíduos nascidos por volta de meados dos anos 1990 e década de 2000 em diante.

Algumas atitudes são associadas às gerações X, Y e Z, mas é importante conhecer os mitos e as verdades em relação ao comportamento de cada uma delas.

Em um cenário econômico desafiador é fundamental que as empresas e agências conheçam e entendam como as diferentes gerações reagem à publicidade e, assim, possam desenvolver estratégias que atinjam seus objetivos.

De acordo com o AdReaction 2016, todas as gerações apresentam alto consumo digital – Geração Z (6,1h/dia), Geração Y (5,7h/dia) e a Geração X (5,4h/dia).

generation-y1

O consumo de mobile é significativamente mais alto entre as Gerações Z e Y (80% e 81% passam mais de 1 hora por dia no mobile).

Entre os canais digitais, o Facebook é o mais utilizado por todos os públicos, sendo acessado diversas vezes ao dia. O Snapchat e o YouTube são mais usados pela Geração Z, assim como o Instagram, que também é bastante utilizado pela Y.

No entanto é importante destacar que o brasileiro ainda apresenta um alto consumo de TV (não online), mesmo entre a Geração Z comparado ao resto do mundo (51% Global vs 63% Brasil).

Assim mesmo, a geração mais velha (X) ainda continua tendo um forte relacionamento com os meios tradicionais, bem como algumas mídias em específico tem forte apelo entre todos os grupos, como Outdoor, ou Rádio (para Y e X), enquanto que Revistas e Jornais (não online) apresentam consumo maior entre a Geração X.

Ainda que passem mais tempo consumindo mídia online no País, 72% da Geração Z afirma pular publicidade em vídeo online, índice superior se comparado à Y (67%) e X (54%).

De acordo com o estudo, música, humor e celebridades (incluindo influenciadores digitais), tornam a Geração Z mais receptiva a anúncios.

geração-z

Eles também são atraídos por peças que lhes permitam decidir o que vai acontecer (36% vs. 25% da Geração Y), escolher a alternativa preferida dentre as várias opções (35% vs. 29%) ou ajudar a tomar decisões (34% vs. 25%).

Outros insights do estudo para o mercado brasileiro incluem:

– Horários influenciam a receptividade: a janela de oportunidade para falar com todas as gerações começa no final do dia e segue até o início da madrugada quando estão em casa. Por ter mais tempo e estar mais conectada durante todo o dia, a Geração Z está mais receptiva à propaganda no período da manhã e tarde, se comparada às demais.

-A receptividade é temperamental: O momento em que são impactados pela publicidade influencia diretamente na forma como todas as gerações reagem à publicidade e a Geração Z é a que demonstra estar mais aberta a interagir com anúncios em diferentes circunstâncias, mas quando estão relaxados é onde existe maior oportunidade.

– Impacte nos primeiros segundos: No Digital invista em anúncios de curta duração. O estudo aponta que a Geração Z está mais receptiva a anúncios com até 10 segundos, enquanto que as X e Y a propagandas de 11 e 20 segundos de duração.

– Ad Blockers: todas as gerações tentam evitar anúncios digitais de várias formas, mas no Brasil ainda se usa poucos recursos tecnológicos para bloquear anúncios (adblockers). A maioria usa o skip, porém, os dados indicam que a grande maioria dos consumidores está pouco preocupada em se livrar da publicidade. Dispositivos lentos são o principal fator para a instalação de ad blockers.

Sobre o estudo AdReaction

A Kantar Millward Brown pesquisou mais de 23 mil consumidores com idades entre 16-49 anos em 39 países.

O estudo AdReaction explora a receptividade que as três gerações têm em relação à publicidade, a fim de analisar e entender quando e onde cada grupo tem maior probabilidade de reagir de forma positiva a ela. Ele também fornece aos anunciantes em todo o mundo uma orientação prática sobre quais abordagens criativas funcionam melhor para cada uma delas.

O estudo AdReaction é realizado desde 2001 e fornece insights sobre a percepção que os consumidores têm em relação a publicidade, especialmente em formatos digitais.

 

Espero que ajude aos empresários em como atingir de maneira assertiva cada uma das gerações!

Beijos e até a próxima,

Cris

1
Anterior
Dieta do Mediterrâneo
shutterstock_529117336
Próximo
Feliz dia a todas as Mulheres EMPODERADAS!
Voltar
SHARE

Geração Z