Chega de golpes de Whatsapp. Denuncie os criminosos da internet

“Alô, eu poderia falar com…”, “a senhora acaba de ganhar…”, “é só clicar no link que eu vou enviar para você resgatar o seu prêmio”, “faço este contato para te convidar a participar de uma live com…”: essas e outras frases já estão virando rotina na vida do brasileiro que atende ligações telefônicas de golpistas. Não está fácil. Até o meu nome já tentaram usar para tentar convencer pessoas por motivos de lives. É golpe!

A primeira dica de todas é: desconfie. Se você não tem relação com o tema abordado pelo golpista, comece a fazer perguntas que questionem a origem da ligação. Alguns especialistas apontam que o crescimento dos serviços digitais, com o isolamento e a pandemia, acabou provocando o aumento dessa onda de golpes. Um absurdo, né? Só há um jeito da gente tentar conter essas atividades: DENUNCIE!

Os golpistas geralmente trazem links para clonar o seu Whatsapp, boleto falso com descontos exagerados, solicitação de informações de dados bancários, pix, empréstimos com ofertas não praticadas pelo mercado e até falso motoboy para o recolhimento de cartão. Não caiam nessa! Orientem seus familiares e compartilhem informações de órgãos oficiais.

Antes disso, claro, mantenha seguro senha, dados pessoais e atualização de softwares de segurança em seus dispositivos. É uma pena esse crescimento de golpes envolvendo o mercado digital. Nós, empreendedores, temos conhecimento de tantas pessoas e empresas sérias comprometidas com esse segmento. Os órgãos competentes precisam tomar conhecimento de cada possível golpe.

A Polícia Civil do Estado de São Paulo preparou uma cartilha: “O que fazer se você for vítima de crime eletrônico”. Lá é possível encontrar todas as modalidades de golpe mais comuns e o passo a passo para você registrar um Boletim de Ocorrência. Não vamos deixar esses criminosos passarem batidos. DENUNCIE!

Dica de ouro
Você, que é empreendedor, comunique o seu cliente sobre como denunciar também. Reforce nas comunicações da sua marca os canais oficiais de atendimento da sua empresa. Mantenha esse relacionamento aberto e seguro.

Para visualizar as dicas do documento produzido pela própria polícia é só clicar aqui.

Empreender liberta
Mantenha-se conectado com a gente aqui no site e pelas redes sociais @crisarcangeli. Por lá, eu compartilho insights sobre empreendedorismo, dicas para novos empreendedores e outros temas.

REDES SOCIAIS

×
×

Carrinho

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.