Cris Arcangeli: Carta para a mulher de negócios.

Olá, eu sou a Cris Arcangeli, ou como costumo dizer, a dentista que virou shampoo, escreveu um livro e foi parar na televisão. E se tem uma coisa que eu gosto de lembrar é do quanto o início da minha história tem importância na minha vida e volta na minha memória cada vez que me deparo com um desafio. 

Por isso, tem uma coisinha que eu gostaria de te dizer:  

Eu, Cris Arcangeli, entendo. 

Eu entendo o amontoado de ítens na sua lista de “coisas por fazer”.

E entendo quando chega o fim do dia e você está exausta e sem vontade de visualizar aquela última mensagem, mas mesmo assim faz um esforço enorme pra responder que vai cuidar disso e que “amanhã cedo o problema estará resolvido”. 

Eu entendo quando você para por alguns segundos diante do espelho, se olha nos olhos e pensa: “O que que eu tô fazendo?” 

Eu entendo quando você fala coisas num tom de voz muito mais firme do que pretendia, por estar exausta de repetir tantas vezes a mesma coisa. 

E eu entendo também, quando, no fim da tarde, a sensação que dá é de que você só fez 20% do que pretendia fazer naquele dia. 

Tudo isso eu sei, porque é essa a vida da mulher de negócios, a nossa rotina pressiona e nós nos pressionamos ainda mais. 

Mas assim como eu te entendo, quero que você também me entenda, porque o melhor de tudo é que estamos no mesmo barco e eu tenho uma coisa muito importante pra te contar: 

“Você não precisa carregar tudo sozinha todos os dias” 

 Afinal de contas, algumas coisas não dependem de você e outras não deveriam ir pra sua conta mental dos “pequenos fracassos diários”. 

 Amanhã, com uma cabeça mais fresca e um olhar descansado, você vai ver a situação sob uma ótica diferente, e pode até ser melhor pensar um pouco mais no assunto antes de “resolver”. 

Você também precisa se lembrar que que não existe uma “cartilha do viver”. 

Acredite: Ninguém que está no mundo tem plena certeza do que está fazendo. Afinal de contas, a vida não necessariamente uma receita de bolo.

Já pensou nisso?  Então pense por um instante. Imagine que talvez ninguém esteja 100% certo do que está realizando.

Não é só você. Mesmo as pessoas mais decididas têm dúvidas as vezes. Mesmo aqueles que parecem mais certos sobre o que estão fazendo, as vezes param diante do espelho e se perguntam “O que que eu estou fazendo?” 

É natural, todas nós temos dúvidas, e você é mais uma pessoa buscando realizar o seu sonho, então tenha CALMA!

Lá fora, existem centenas de milhares de olhares que desconhecem o seu coração e não sabem dos seus motivos, da sua história… Deixe os julgamentos para eles. Deixe a culpa para eles.  

Dentro de você, seja a pessoa que te conforta. 

Quando pensar nos seus esforços, lembre-se de que, ás vezes, é importante guardar alguns segundos pra se orgulhar de você. 

 Repassar mentalmente aquela listinha dos desafios que você venceu hoje. Eles estavam lá, e você passou por cada um deles, e deu andamento ao seu sonho mais uma vez. Um passinho de cada vez.  

Afinal de contas, a pressão existe fora, mas dentro de nós, deve haver um lugar para descanso, deve haver paz. 

Bjs 

Cris Arcangeli. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você Também Pode Gostar

Todos os Empreendedores precisam ler isso

Problemas com a gestão podem prejudicar muito o seu negócio. Para se ter ideia, segundo o SEBRAE, a taxa de mortalidade de empresas nos primeiros dois anos de atividade é de 26,9% no Brasil. Em alguns estados, a situação se agrava. Entre os motivos dessa mortalidade estão graves erros de gestão.